EU CREIO PEQUENO CATECISMO CATOLICO PDF

Crie um website ou blog gratuito no WordPress. Por Ele todas as coisas foram feitas. Thank you once again for a lot of things. The principles also acted to become good way to understand that most people have a similar desire just as my personal own to realize many more concerning this condition. We all notice all about the lively way you make powerful secrets on this web site and as well boost response from the others about this subject so our daughter is truly becoming educated a great deal. I feel extremely grateful to have encountered the site and look forward to really more fabulous minutes reading here.

Author:Shakazragore Melmaran
Country:El Salvador
Language:English (Spanish)
Genre:Life
Published (Last):14 September 2006
Pages:136
PDF File Size:6.40 Mb
ePub File Size:2.13 Mb
ISBN:215-4-28354-303-7
Downloads:34001
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Bat



Deve ter em conta as explicitaes da doutrina que, no decurso dos tempos, o Esprito Santo sugeriu Igreja. O Catecismo incluir, portanto, coisas novas e velhas cf. Mt 13,52 , porque a f sempre a mesma e, simultaneamente, fonte de luzes sempre novas.

Textos: Eleonore Beck. Editorial Verbo Divino, Cum licentia ecclesiastica. Printed in Spain. Fotocomposio: Fonasa. Impresso: Mateu Cromo, S. Eis a misso que Jesus confiou aos seus apstolos. A mesma que os apstolos transmitiram aos seus seguidores: a misso da Igreja, hoje. A Igreja testemunha e anuncia para que todos possam crer e esperar, viver e amar como Jesus acreditou e esperou, viveu e amou.

Ela guarda a tradio sagrada e protege-a da falsificao e do erro. A profisso de f nasceu na Igreja como recapitulao vlida da mensagem transmitida pelos apstolos. Todos aqueles que, por ocasio do seu Batismo, so interrogados sobre a sua f, confessam com as mesmas palavras a sua pertena a Deus Pai, a Jesus Cristo, seu Filho e ao Esprito Santo. A profisso de f Credo de todos os cristos comea pela palavra "Eu".

Porque no seio da comunidade, cada pessoa tem a sua prpria histria com Deus. Ningum pode dizer "eu" pelo outro. Quem diz "sim" a Deus deve saber a que se compromete. Por isso, importante que cada cristo aprenda a conhecer e a compreender o texto fundamental da sua f. Tenho um pai e uma me, irmos, irms e familiares. Vivo em sociedade com muitas pessoas, animais e plantas, e com tudo o que cresce na terra. Os homens podem ver e ouvir, aprender e reter, pensar e fazer projetos.

Podem construir casas, domesticar animais, curar doenas, transmitir a vida. Investigam o universo e so capazes de viajar at lua, atravessar os mares e inventar bombas que destroem a vida sobre a terra.

So capazes de observar e estabelecer comparaes. Os homens comunicam, aprendem uns dos outros, necessitam-se mutuamente. O que difcil torna-se fcil quando h algum a quem posso dizer: conto contigo; tens boas intenes para comigo.

Escuto o que me dizes: confio em ti. Tu ajudas-me sempre a levantar e ds-me esperana. Quero apoiar-me em ti. Acredito em ti. Um amigo fiel uma poderosa proteo; quem o encontrou, descobriu um tesouro. Mas muitas acreditam tambm em algo que as ultrapassa. Acreditam em Deus. Porque estou na terra? Porque temos de morrer? Donde procede a diversidade da vida? Existe uma causa ltima que d sentido vida e tambm ao sofrimento? Em todas as pocas e em todos os povos, os homens procuram Deus.

Todo o homem pode reconhecer a mo eficiente de Deus na ordem diversificada da criao. Existe uma maneira mais direta de encontrar Deus e de estar seguro da sua existncia. Testemunham-no os profetas da Primeira Aliana, enviados por Deus. Um mestre da Igreja primitiva escreve: "Muitas vezes e de muitos modos falou Deus a nossos pais, nos tempos antigos, por meio dos profetas. Nestes dias, que so os ltimos, falou-nos por meio do Filho" Hb 1,1.

Os cristos confiam no testemunho da Bblia. Acreditamos que Deus escolheu o pequeno povo de Israel, entre todos os povos da terra, para estabelecer com ele uma aliana. Atravs deste povo, todos os povos da terra aprendero que Deus existe e que Ele tem um plano para os homens. A histria desta aliana divina com Israel encontra-se nos livros do Antigo Testamento. Atravs das histrias bblicas dos encontros, aprendemos a conhecer a Deus. Aprendemos quem Deus e o que Ele quer do homem ou para o homem.

Moiss pastava o seu rebanho no deserto. V ento uma sara ardendo sem se consumir pelo fogo. Eu bem vi a opresso do meu povo que est no Egito, e ouvi o seu clamor O Deus transcendente e todo-poderoso uniu-Se a esses homens. Sofreu com eles. Atravs de Moiss quer conduzi-los liberdade. Moiss estremece, no quer aceitar essa misso. Pede que, do meio do fogo, lhe diga o seu nome. Deus diz-lhe: "Eu sou aquele que ". No um nome habitual. Deus est a para o homem. Deus est a!

E isto vlido para todos os homens e para todos os tempos. E agora, eis o que diz o Senhor, o que te criou Nada temas, porque Eu te resgatei, e te chamei pelo teu nome; tu s meu. Se tiveres de atravessar as guas, estarei contigo, e os rios no te submergiro. Se caminhares pelo fogo, no te queimars, e as chamas no te consumiro. Bandos de ladres roubam-lhe os seus rebanhos e matam os pastores.

Os seus filhos, sete vares e trs filhas, ficam sepultados sob as runas da sua casa, que desabara sobre eles. Ele prprio contrai lepra: o seu corpo cobre-se de chagas. Permanece sentado sobre um monte de cinzas e raspa-se com um caco de telha. No possvel que Deus envie tantas desgraas ao piedoso J! A mulher e os amigos tentam convenc-lo a separar-se de Deus, visto que lhe paga to mal o bem que Lhe faz. Mas J est certo disto: se aceitamos de Deus o bem que Ele nos envia, no devemos aceitar tambm o mal?

Acreditar significa: Confiar em Deus, saber que Ele existe para todos os homens, que Ele os conhece e os ama. Estar certo de que Deus existe para mim, me conhece e me ama. Amar a Deus com todo o meu corao, com todas as minhas foras e com todas as minhas capacidades. Dizer sim a Deus, escutar a sua palavra, fazer a sua vontade.

Numa cidade em runas, foi encontrada, na parede dum refgio, a profisso de f dum perseguido: Creio no sol, mesmo quando ele no brilha.

Creio no amor, mesmo que no o sinta. Creio em Deus, mesmo quando Ele Se cala. Conhecimento de Deus: "As faculdades do homem tornam-no capaz de conhecer a existncia de um Deus pessoal. Mas para que o homem possa entrar na sua intimidade, Deus quis revelar-Se ao homem e conceder-lhe a graa de poder acolher essa revelao na f.

Contudo, as provaes sobre a existncia de Deus podem dispor f e ajudar a ver que a f no se ope razo humana" Catecismo da Igreja Catlica Bblia - Antigo Testamento: Bblia significa "livro". Designa-se assim o livro que rene os escritos que a Igreja reconhece como "Sagrada Escritura".

A primeira parte, a mais extensa, o Antigo Testamento, contm os livros nos quais o povo de Israel testemunha as grandes obras de Deus e da sua prpria histria.

Os escritos do Antigo Testamento foram redigidos durante o milnio que precedeu o nascimento de Jesus. A segunda parte da Bblia, menor, constitui o "Novo Testamento" cf. A aliana para Israel o penhor da eleio. Os "Dez Mandamentos" constituem as regras da aliana. Todos os anos, Israel celebra a festa da aliana. Mesmo no meio das maiores adversidades, os homens piedosos no perdem a esperana.

Aguardam uma nova aliana que Deus oferecer ao seu povo. Muitos justos, dos quais fala o Antigo Testamento, acreditam que aquele que vir a Deus face a face morrer necessariamente. Mas o Antigo Testamento conhece homens cujo maior desejo contemplar o rosto de Deus.

So homens que tudo o que desejam estar com Deus, porque acreditam, com f, que o homem no pode ser feliz se no est junto de Deus. Acreditam que Deus castiga o pecado, mas sabem igualmente que o seu amor e a sua misericrdia so imensamente maiores do que a sua ira.

RT8272 PDF

Eu Creio - Pequeno Catecismo Católico

.

MAMMA BIXIO PDF

EU CREIO - Pequeno Catecismo Católico

.

CRAIG AND DE BURCA EU LAW 5TH EDITION PDF

Eu Creio - Pequeno Catecismo Catolico

.

GHIDUL TVA LA INCASARE PDF

EU CREIO PEQUENO CATECISMO CATOLICO PDF

.

Related Articles